Ação da Polícia Civil resulta na apreensão de drogas, dinheiro, arma de fogo e prisão de traficante

 Ação da Polícia Civil resulta na apreensão de drogas, dinheiro, arma de fogo e prisão de traficante

Em continuidade às ações de combate ao tráfico de drogas e à criminalidade em geral, na tarde desta quarta-feira, 2, policiais civis da 33ª Delegacia de Polícia de Nova Olinda, comandados pelo delegado Felipe Crivellaro, deflagraram uma ação que resultou na apreensão de várias porções de drogas, grande quantidade em dinheiro, arma de fogo, bem como na prisão de um homem de 20 anos, de idade, conhecido como “Capetinha”.

De acordo com a autoridade policial, a ação foi desencadeada após o recebimento de reiteradas denúncias informando que um indivíduo estaria utilizando a própria residência, que fica às margens da BR-153, em Nova Olinda para o tráfico de drogas. “Com base nas informações levantadas, efetuamos uma campanha nas imediações do local, e no período de apenas quinze minutos, flagramos uma grande movimentação de usuários entrando e saindo do imóvel no sentido de adquirir drogas”, ressaltou o delegado Crivellaro.

Diante dos fatos, os policiais civis abordaram o suspeito que se encontrava na porta de sua residência, onde foi questionado a respeito do entorpecente que tinha na casa. De imediato, o indivíduo informou que a droga estava dentro do armário da cozinha. Desse modo, os agentes, localizaram e apreenderam várias porções de maconha, balança de precisão, uma arma, de fogo calibre 22, além de três munições do mesmo calibre, bem como cerca de R$ 4 mil reais, em dinheiro proveniente do tráfico de drogas.

No imóvel, os policiais civis também apreenderam uma máquina de passar cartão de crédito. “Ao ser perguntado sobre a utilização da máquina de cartão, o suspeito informou que o equipamento era usado para venda de drogas no sentido de trazer mais conforto para sua clientela”.

Em seguida, o suspeito foi conduzido a Central de Atendimento da Polícia Civil, em Araguaína, onde foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Após a realização das providências legais cabíveis, o homem foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Araguaína, (CPPA), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *