Cancel Preloader

Governo do Tocantins e Anater beneficia produtores rurais com cerca de R$ 500 mil do projeto Inovação no Campo

 Governo do Tocantins e Anater beneficia produtores rurais com cerca de R$ 500 mil do projeto Inovação no Campo

Recursos no valor de quase R$ 500 mil serão pagos a 180 pequenos produtores rurais beneficiários do projeto Inovação no Campo, fruto de instrumento de parceria entre o Governo do Tocantins, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), e a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater).

Os recursos liberados fazem parte do projeto-piloto da Anater implementado em 50 municípios, contemplando todas as regiões do Estado. O Inovação no Campo tem como objetivo a prestação de serviços de assistência técnica e extensão rural, visando à implantação de atividades agropecuárias que promovam a geração de renda, agregando conhecimentos e melhoria da qualidade de vida das comunidades rurais beneficiadas.

No Tocantins, para a realização do convênio, inicialmente, recursos na ordem R$ 3,8 milhões, do Governo Federal, foram repassados à Anater, por meio do Ministério da Cidadania, com contrapartida do Governo do Estado, no valor de cerca de R$ 1,4 milhão, para atender 873 famílias.

De acordo com o vice-presidente do Ruraltins, José Anibal Lamattina, graças ao empenho do corpo técnico, o Tocantins saiu na frente, sendo um dos primeiros a cumprir todas as metas do convênio dentro dos prazos pactuados, garantindo às famílias condições de implantar seus projetos produtivos com o acompanhamento necessário dos extensionistas do órgão.

“Ressalto aqui a importância da conclusão das atividades e da liberação do restante de recursos pela Anater. São mais de 180 oportunidades de geração de renda asseguradas às famílias do Tocantins pelas portas do Ruraltins. A liberação desse montante, que já está na conta dos beneficiários, ocorreu por meio de esforços conjuntos entre nós, do Ruraltins, e da Anater, e o Ministério da Cidadania, com apoio direto da Asbraer [Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural]. Dessa forma, todas as demandas de prestação de contas pendentes foram atendidas e os produtores agora recebem esse dinheiro para investirem na produção de alimentos, na geração de renda e dignidade às famílias, por meio dos serviços de assistência técnica e extensão rural, prestados pelos extensionistas”, frisa José Anibal.

Segundo Gilberto Marques, responsável pela coordenação do Inovação no Campo, o valor de R$ 432 mil será distribuído entre os produtores beneficiados que receberão cada um R$ 2,4 mil, divididos em duas parcelas, de R$ 1,4 mil e R$ 1 mil, para aplicarem na atividade escolhida por eles. Os recursos não precisam ser devolvidos aos cofres públicos.

“Esse valor é proporcionado pelo projeto Inovação no Campo, via Programa Fomento às Atividades Produtivas Rurais, da Anater. O objetivo é promover a inclusão social das famílias que vivem em situação de pobreza, e que já estão com os projetos aprovados para implantação na atividade escolhida, como olericultura, criação de peixes, aves, ou em outras atividades não rurais, como artesanato, bordados, fabricação de biscoitos, pães e bolos”, destaca Gilberto Marques, complementando que, por meio da Anater, 420 pequenos produtores foram atendidos pelo Programa Fomento Rural, aplicando um total de mais de R$ 1 milhão.

Assistência técnica

Atualmente, o Ruraltins conta com 97 escritórios, sete escritórios regionais e um centro gerencial. Os mais de 400 extensionistas que atuam no órgão oferecem assistência e orientação quanto ao plantio e à condução de lavouras para produção de grãos, cereais, frutas e hortaliças; criação de bovinos de corte e leite e pequenos animais (ovinos e caprinos); apicultura; piscicultura. Além disso, eles elaboram projetos de irrigação e projetos de créditos rurais das atividades agropecuárias financiadas pelas instituições bancárias; bem como apoiam os produtores na comercialização da produção.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *